Porque o Data Governance é a base para o Data Management

Se o seu objetivo com a utilização de dados para decisões estratégicas de negócio é obter eficiência operacional, aumentar a rentabilidade e crescer continuamente, é imprescindível que estes dados sejam tratados de forma correta e dedicada. Os dados podem ser a chave para a diferenciação competitiva, e se não utilizados podem também ser sinônimo de desperdício de oportunidades.

Gerenciar estes dados da forma mais eficiente certamente não é uma tarefa fácil, afinal quanto maior a quantidade de dados que entram em uma organização, maior a dificuldade de tratá-los manualmente e de forma apropriada. Além deste enorme fluxo de dados, as questões se tornam mais complicadas a partir do momento que estes dados entram na organização e viram base para a geração de novos dados, e uma vez que eles percorrem vários sistemas, processos e ambientes, a qualidade sempre estará em risco.

Para obter ótimos resultados com data assets, é necessário garantir que a sua organização tenha um entendimento completo dos seus dados, do ponto de vista de negócios, e que seja capaz de quantificar sua qualidade, afinal o usuário irá confiar no que está disponível para ele, e caso este dado esteja impreciso, incompleto ou inapropriado, irá resultar em informações defasadas e que não são confiáveis, que terão como possíveis consequências oportunidades perdidas, erros operacionais, clientes irritados, prejuízos financeiros e danos à reputação.

Em contraponto à isso, ao incorporar um programa de Data Governance compreensivo em uma estratégia de Data Management a organização consegue garantir precisão e integridade de seus data assets. É possível também garantir que os usuários de negócios irão acessar e compreender facilmente estes assets, permitindo que eles conduzam análises de forma simples e se assegurando que eles escolham os recursos certos para que os resultados sejam precisos e condizentes. Nestes termos, o Data Governance atua como forma de otimizar o Data Management.

Estabelecendo a qualidade dos dados e garantindo sua compreensão

Ao integrar as capacidades do Data Quality em um cenário compreensivo de Data Governance, as organizações podem aumentar a visibilidade e a automação enquanto aumentam a usabilidade e a confiabilidade dos data assets. Capacidades integradas permitem monitoramento contínuo de data quality, além de fornecer um cenário adequado para scores de Data Quality. Estes scores são valiosos para a monetização dos dados, além de oferecer aos usuários de negócios informações valiosas considerando a confiabilidade dos data assets disponíveis.

O Data Governance também aumenta a compreensão dos dados com a finalidade de satisfazer os usuários de negócios dentro da organização. Usuários de dados educados para a solução e que compreendem qual dado está disponível e o que exatamente ele significa são capazes de escolher os recursos certos. Ao alinhar pessoas, processos e tecnologias com o Data Governance, as organizações garantem que seus dados se mantenham confiáveis, compreensíveis e acessíveis, para que usuários de negócios possam tomar decisões precisas e confiáveis.


Para obter sucesso em um projeto de Data Governance, as organizações precisam das soluções certas com as capacidades adequadas.

Um projeto de Data Governance a nível enterprise requer uma solução completa, com capacidade de performar diversas funções. Em teoria, uma plataforma de data intelligence oferecerá soluções integradas, que podem incluir capacidades de Data Governance, seu owner/steward, linhagem e utilização e até definições associadas, sinônimos e atributos de negócios. Isso deve permitir que usuários de negócios consigam facilmente definir, rastrear e gerenciar todos os aspectos de seus data assets, permitindo colaboração e compartilhamento do conhecimento por toda a organização.

Além disso, a solução deve incluir recursos de Data Quality com a finalidade de realizar verificações de integridade de dados como Data Profiling, consistência, conformidade, integridade, adequação, pertinência, bem como regras de qualidade mais avançadas, como reconciliação e rastreamento de transações. Estas regras validam a qualidade dos dados através da supply chain, para garantir confiança contínua entre os usuários de negócio. Por último, para automatizar o progresso regular das regras de Data Quality, a plataforma dele incorporar capacidades de analytics que emprega, algoritmos de machine learning.

Garantindo que o Data Governance é um componente fundamental da estratégia de Data Management de uma organização, ao integrar com outras capacidades e possibilitar as tecnologias certas, as organizações podem gerar a confiança necessária em toda a organização, entregando desta forma vantagem competitiva estratégica.

 

Quer saber mais? Entre em contato por aqui.